Logo British Village - Gatil British Shorthair

British Shorthair: Cores Sólidas

novembro 4, 2022

Um Gato é Considerado De Cor Sólida Quando ele Apresenta Apenas uma Coloração Por Todo o Corpo. Essas Cores Surgiram a partir de Mutações nos Gatos Tabbies.

No British Shorthair, a cor azul (Blue) é a mais característica, mas também podemos observar todas as outras cores sólidas na raça, tais como: chocolate, cinnamon e fawn.

Como outros exemplos de cores sólidas temos: a cor preta, chocolate, vermelha (definida pelo gene O, ligado ao sexo), cinnamon (canela) e branca (definida pelo gene W).

Nas pelagens sólidas também é aceito o padrão tortie, onde duas cores são distribuídas igualmente pelo corpo do animal. Além dessas cores densas citadas acima, temos as cores diluídas que são: o azul, creme, lilás e fawn (camurça).

Como falamos nesse artigo, os gatos de cores sólidas surgiram a partir de uma mutação no gene agouti dos gatos tabbies.

Mas como as cores sólidas são definidas?

Entenda como os genes se agrupam para definir a pelagem do British Shorthair:

– gene para diluição d:

O gene da diluição causa uma modificação que resulta no clareamento da cor. O alelo da diluição é recessivo d. Sendo assim, um gato preto passa a ser azul, um gato vermelho fica creme, um gato chocolate fica lilás e um gato cinnamon (canela) fica fawn (camurça). 

– genes para chocolate e cinnamon:

O alelo para chocolate causa clareamento dos pelos por outro motivo diferente do alelo de diluição. Em gatos chocolate o pigmento preto se modifica, e quando ele normalmente seria redondo, ele fica achatado. Isso faz com que que mais luz seja refletida e daí o pelo tem uma aparência pálida. Esse alelo recessivo é chamado de b. Uma curiosidade é que, o alelo do chocolate veio dos gatos siameses e pode agora ser visto em todas as raças. 

O alelo da cor cinnamon achata os grânulos do pigmento ainda mais do que o gene para chocolate e isso faz com que o pelo pareça ainda mais claro, esse alelo também é recessivo, chamado de bl.

– gene para branco dominante:

O gene que faz com que um gato seja puramente branco é dominante e epistático (W). Este alelo inibirá o funcionamento normal da coloração celular, logo veremos que nenhuma cor será produzida. Um gato completamente branco pode carregar todos os genes referentes a coloração, sendo eles vermelho e preto, agouti e não-agouti, diluidor e não-diluidor, etc.

Gatos puramente brancos tem frequentemente um sinal colorido na cabeça quando nascem e ele desaparece quando o gato desenvolve seu pelo de adulto. Este sinal pode revelar qual a cor o gato tem por traz do branco.

Gatos brancos são frequentemente surdos, e ocorre devido a uma mudança degenerativa no ouvido interno. A surdez é mais comum em gatos brancos de olhos azuis do que nos gatos de olhos amarelos, mas existem gatos brancos de olhos amarelos que são surdos e gatos brancos de olhos azuis que tem audição normal. A surdez dos gatos pode ocorrer em apenas um dos ouvidos. Além disso, gatos com heterocromia ocular (um olho azul e outro amarelo) são frequentemente surdos de um ouvido e justamente aquele posicionado no mesmo lado do olho azul.

Como as cores preta e vermelha são definidas, você encontra no nosso artigo de abordagem inicial sobre pelagens.

Rua Zuca Accioly, 1101 - Manoel Dias Branco - Fortaleza - Ceará // [email protected]
tropicatslogo
wcf-world-cat-federation-logo-E2766B496C-seeklogo.com_
nd_prime-150x150
© 2023 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS​